5 dicas para perder peso com sucesso

Quando fazemos dieta, uma das coisas que nos preocupam, além de perder peso, é não voltar a recuperá-lo depois. Muitas de nós provámos dietas milagrosas que prometem ajudar-nos a perder peso de forma rápida e sencilha, porém, mesmo que tenham funcionado, acabamos por recuperar o peso perdido, e eventualmente, ganhar algum a mais.

Se um dos teus desejos para 2019 é perder peso e estar saudável, é importante que o faças de forma a que protejas a tua saúde, mudes os teus maus hábitos e possas manter o peso conseguido. Para tal, há uma série de coisas que deves ter em conta assim que entras de dieta. Com estes conselhos, conseguirás perder peso e não voltar a recuperá-lo, mantendo-te saudável.

Fazer exercício físico

Acompanhar a dieta com um desporto é básico para perder peso de maneira efectiva, para além de trabalhar o nosso metabolismo. As pessoas que fazem exercício depois de uma perda significativa de peso conseguem manter o peso durante mais tempo. O motivo? O metabolismo. Ao praticar desporto, o metabolismo não relaxa, o que ajuda a queimar calorias, de forma mais efectiva, além de melhorar a queima de calorias em repouso. Fazer desporto de forma continuada é a chave para não recuperar o peso que perdemos.

Reduzir a ingestão de hidratos de carbono simples

A redução dos hidratos, tanto em dieta, como depois da dieta, pode ser benéfico para ajudar-nos a manter o nosso peso ideal. O motivo é simples, uma alimentação baixa em hidratos de carbono simples ajuda a que o gasto energético seja maior, para além de facilitar que nos sintamos satisfeitas e tenhamos menos apetite.

Além disso, provoca uma maior libertação de insulina, que também ajuda a que o nosso metabolismo melhore. É importante que à hora de escolher reduzir ou moderar o consumo de hidratos de carbono, o façamos no caso concreto dos hidratos de carbono simples. Estes, podem ser encontrados nas farinhas refinadas, açúcares, farinhas brancas, etc. Podemos mudá-los por hidratos de carbono complexos, ainda que sem nos exceder-mos, que podem ser encontrados em farinhas integrais.

Reeducação alimentar

A dica para uma dieta que faça perder peso e não voltar a ganhá-lo é não fazer dieta. Parece contraditório, mas é importante que o tenhamos claro. A melhor maneira de perder peso e não o recuperar de volta é não encarar a nossa nova alimentação como uma dieta, mas como uma mudança nos nossos hábitos.

O primeiro passo é não nos deixarmos encantar por uma dieta que diz fazer milagres. Estas, são sempre muito restritivas e é impossível segui-las a longo prazo e, por tanto, não a poderemos utilizar para o resto da nossa vida. A recomendação mais habitual é optarmos por uma dieta mediterrânea (mas bem feita), ou uma alimentação baseada em comida real.

Como é óbvio, isto pressupõe reduzir ou eliminar o consumo de açúcar, reduzir o consumo de farinhas brancas, eliminar por completo o consumo de alimentos ultra-processados e basear a nossa alimentação em frutas, hortaliças e verduras. Além disso, devemos reduzir o consumo de carne e optar pelas que sejam magras, consumir legumes, sementes e cereais integrais. É também importante cozinhar mais em casa.

Reduzir os níveis de stress

A pergunta que se coloca é: o que tem o stress a ver com o ganho ou perda de peso? Por mais surpreendente que seja, tem muito a ver e parte da culpa é das hormonas. O stress aumenta a presença de glicocorticoides que, por sua vez, favorecem o aparecimento de células gordurosas.

Além disto, no caso específico de algumas pessoas, altos níveis de stress aumentam a sensação de fome (conhecido como fome emocional) e que nos leva a comer de forma descontrolada. Por isso, se queremos manter com segurança o nosso peso ideal é importante que aprendamos a manejar os nossos níveis de stress.

Ir pouco a pouco

As mudanças de hábitos não acontecem de um dia para o outro, e tentar fazê-lo pode provocar-nos ansiedade e stress. Por isso, se queremos perder peso sem recuperá-lo é importante que tenhamos paciência.

Ao princípio, pode custar muito mudar os nossos hábitos e a nossa forma de comer. Uma coisa é fazê-lo durante uma semana e outra completamente diferente é fazê-lo para sempre. Por isso, temos que ser pacientes, incorporar as mudanças pouco a pouco, e não nos castigarmos a nós mesmas quando saímos do caminho. Apenas desta forma conseguiremos chegar à meta da alimentação saudável.

3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.